infertilidades e confidências

E se eu tivesse desistido?



Tuesday, December 26, 2006

Susana Pina (infertilidade inexplicada)

Chamo-me Susana Pina, casei com 20 anos e o meu marido com 29 e pensamos logo em ter um filho, até porque o meu desejo sempre foi ser uma mãe jovem, e como somos ambos filhos únicos, queríamos muito aumentar a nossa família. Só que a vida pregou-nos muitas partidas e ao fim de 6 meses, o filho tão desejado ainda não tinha chegado.

Recorri a médicos particulares e durante os 4 anos seguintes, segundo as palavras dos especialistas, seria só uma questão de tomar uns comprimidos para ajudar a ovulação e treinar, treinar muito.

E nem mesmo com a nossa sexualidade feita com dias e horas marcadas assim conseguimos.

Já tinham passado 4 anos a ouvir dos amigos, colegas, familiares e até vizinhos frases como:

- Então? Não achas que já é tempo?
- Estás a guardar-te para velha?
- Estas meninas de agora não querem prisões!

Confesso que é muito difícil, ouvir tais palavras, mas nunca escondi a minha infertilidade.

Quando me confrontavam com tais afirmações, só lhes respondia que não é quando nós queremos, é quando Deus quer, e Deus ainda não tinha querido.

Esperava por alguma palavra, mas simplesmente se ouvia um silêncio, não sabiam o que dizer. Compreendo que quem não passa por este drama não saiba encontrar as palavras certas de

forma a me poderem ajudar, mas mesmo assim nunca tive vergonha de dizer “Sou infértil”.

Decorridos estes anos e o nosso filho sem chegar, resolvemos inscrevermo-nos na Maternidade Alfredo da Costa.

Lá existiam consultas da especialidade que nos podiam ajudar a resolver o nosso problema. Seguiram-se consultas, exames e mais exames, alguns dolorosos, e o diagnóstico chegou: não tínhamos nada, sofríamos de infertilidade inexplicada.

Na MAC estive 10 anos, dos quais 7 foram passados em tratamentos: fizemos 4 Inseminações Artificiais (IA), 2 Fertilizações In Vitro (FIV), 1 Microinjecção (ICSI) e 2 Transferências de Embriões Congelados (TEC), sempre com resultados negativos; já não conseguia ouvir mais aquele telefone a tocar e a Enfermeira a dizer-me que ainda não tinha sido desta.

Esse dia era terrível, entre choro, revolta e uma enorme vontade de continuar os tratamentos, o mais rápido possível.

É muito difícil descrevermos as emoções por que passamos.

Decorridos esses anos chamaram-me à MAC para me dizerem que já não nos podiam fazer mais nada; as listas de espera eram muito grandes e tinham que dar vaga a outros casais.

Senti-me um "lixo", saí do Hospital com um relatório na mão, como se tivesse sido despejada.

Com 34 anos, na altura senti-me perdida, revoltada, por terem fechado as portas ao meu sonho, mas sabia que tinha que dar a volta à situação, tinha que fazer algo, pois sabia que um dia iria realizar o meu (nosso) sonho.

Então continuei a minha luta, e com todas as minhas forças, procurei Hospitais no País onde houvesse listas de espera pequenas, pois a idade estava a avançar e sabia que o meu limite num Hospital Público seriam os 37 anos.

Inscrevi-me no Centro Hospitalar de Gaia (a 280 km da minha área de residência), no Hospital de Santa Maria e também na Adopção.

Tive sorte, apesar de ser um Hospital Público, passados 4 meses tinha a minha 1ª consulta no Centro Hospitalar de Gaia, e seguiram-se mais tratamentos.

O meu médico acreditava que íamos conseguir, e nós também.

Veio a 1ª FIV naquele Hospital, e a 2ª, e a 3ª, e os resultados sempre negativos.

A esperança continuava, mas as hipóteses começavam a escassear.

Com um total de 12 tratamentos e 36 anos de idade, começávamos a reflectir, mas queríamos muito continuar, a nossa força cada vez era maior, mas o tempo cada vez menor.

E o médico lá me propôs o 13º Tratamento de todo o meu percurso, mais uma FIV.

E foi com uma enorme ALEGRIA que no dia 15 de Maio de 2006, sem esperar, e completamente convencida de que mais uma vez sofria uma desilusão, lá estava o meu resultado - POSITIVO, com um valor de beta hcg de 550 ml.

Não acreditei, pensei que se tinham enganado no relatório das análises, e fui repeti-las, mas não havia engano, estava mesmo grávida, que felicidade... Já com 6 semanas de gestação, faço a 1ª Eco e... Gémeos... São dois, a felicidade dobrou, e a emoção era enorme.

Ao fim de 16 anos, eu com 36 anos e o meu marido com 45, vamos ser pais de 2 gémeos, que resultaram de 13 tratamentos de infertilidade.

Só conseguimos realizar o nosso sonho, porque nunca desistimos, e fomos muito fortes para aguentarmos tantas pressões, tantas angústias, e tantas desilusões, mas também porque acreditámos que era possível.

NUNCA DESISTAM dos vossos sonhos, e lutem até à exaustão, um dia todos seremos recompensados.

Susana Pina



4 Comments:

  • At April 10, 2009 at 3:45 AM, Blogger Cletoana said…

    Olá Susana, esta história comoveu-me, ficou muito contente que tenham finalmente conseguido. Estas situações são tão dolorosas e tantas vezes desvalorizadas por quem não passa por isso. Principalmente quando não se consegue detectar uma causa onde o casal se possa apoiar. Eu própria a desvalorizava até vir a estagiar em Psicologia na área de Infertilidade.

    Boa Sorte para tudo!, Felicidades!

     
  • At April 17, 2009 at 12:36 PM, Anonymous marisa said…

    ola Susana eu tambem tenho problema com a infertilidade já vai em 3 tratamentos nu hospital s.joao e ainda nada......custa ouvir as frases k as outras pessoas dizem em relação a não virem as crianças ......mas no fim de ler a sua historia tenho mais motivos k um dia tambem irei ser mãe um abraço e tudo de bom. marisa

     
  • At March 18, 2013 at 10:11 PM, Anonymous Anonymous said…

    Luckily, there are many methods in safely removing unwanted hair.
    Right away register your GHD curly hair straightener concerning the GHD
    webpage so that you just can enact the 2-year ensure as well as to look at to make certainyours is genuine.
    When one thinks of fungus, they don't generally associate it with the head or scalp, but the itching, burning scalp, rash or pimples on the scalp could very well be caused by a fungus, requiring antifungal shampoo to provide well needed relief to the symptoms.

    Here is my blog post - hair products

     
  • At April 13, 2013 at 7:20 PM, Anonymous Anonymous said…

    With Dish Network, cities like Oklahoma City, Grand Rapids,
    Honolulu and Albuquerque are unable to receive service.

    The complete set up was carried out only about 20 minutes after I
    bought it. He verified to me that the discount-link is legitimate and that I used
    to be utilizing the one which decreased the value essentially the most).
    I discovered ANOTHER secret discount link,
    this time for a fair cheaper worth. A digital TV broadcast
    should be copied in the same resolution to retain the original quality.


    Visit my web page: Satellite direct review

     

Post a Comment

<< Home